top of page
Image by Christian Wiediger
  • Foto do escritorHonassys R. Rocha Silva

É possível medir a vitamina D na lágrima?

É possível medir a vitamina D na lágrima?

É sobre isso que eu vou falar neste conteúdo.




Emili Mello nos perguntou através dos comentários de um dos nossos vídeos, se é possível medir a vitamina D na lágrima caso ela queira.


Eu fico muito feliz que esse conteúdo chegou em Portugal e isso está alinhado à minha missão de vida, que é: levar a oftalmologia de qualidade, informações sobre oftalmologia de qualidade, a toda a população mundial que tem glaucoma.


Obrigado por você compartilhar esse conteúdo e Emili respondendo assim diretamente.

A resposta é, a princípio, não em 2024.


Esse foi um exame que foi adaptado pelo professor Renato Leça e seus colaboradores para fazer a mensuração da quantidade de vitamina D presente na lágrima e feita a comparação com os níveis sanguíneos dos pacientes que foram estudados.


Em relação a sua pergunta, você deixar claro que a sua vitamina D no sangue está baixa.

Algo que pode ser realmente mensurado hoje é justamente esse nível de vitamina D, no sangue.

Eu entendo que a sua dúvida tá intimamente relacionada. essa baixa vitamina D no sangue se também ocorre no seu olho.

E a resposta é que provavelmente sim, uma vez que existe uma comunicação do sistema sanguíneo com os olhos e a nível de vitamina D.


Quando baixo no sangue, provavelmente vai estar baixo no sistema de produção e no sistema de drenagem.


Alguns estudos já mostraram que existe receptor de vitamina D tanto no sistema de produção da pressão do líquido que dá pressão a olho quanto no seu sistema de drenagem, o que demonstra que a vitamina D tem papel na regulação da pressão intraocular.


É bem verdade que esse papel não está completamente elucidado e que, provavelmente, no futuro, existirão estudos que mostrarão como é exatamente esse papel da vitamina D.

Por ora, o que os estudos apontam ...


Assista ao vídeo completo no canal da Clínica do Olho no Youtube!


A visão é o sentido mais importante do ser humano!

Um grande abraço e até a próxima.


DOI:10.1097/ijg.0000000000001088


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page